De Haviland Dragon Rapide

Museu do Ar - Sintra/Portugal 22 de Maio de 2010

Construído pela companhia inglesa De Havilland em 1934, foi um avião revolucionário pela sua insonorização e pela magnífica visibilidade oferecida ao piloto. Era equipado com dois motores Gipsy-six de 200 CV e seis cilindros invertidos em linha; capacidade para seis ou oito passageiros.

Este aparelho inaugurou a linha Lisboa-Porto da CTA (Companhia de Transportes Aéreos), no dia 3 de Dezembro de 1945. Neste vôo foi também inaugurado oficialmente o Aeroporto de Pedras Rubras, actual Aeroporto Francisco Sá Carneiro.
Serviu na CTA até 1948, permanecendo na FAP até 1968.

Fonte: Museu do Ar